Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2008
DURUALA CRISTAL

Ando assustado, Duruala, com a minha fragilidade!

Sempre me ensinaram que eu seria o Stallone - o Rambo - e o Schwarzenegger - a máquina futurista.

Aquele sujeito sem problemas, desvinculado das questões afetivas.

Que nada!

Sou o maior cagão!

Prisioneiro da minha insegurança.

Se vejo uma mulher forte, independente, resolvida eu corro.

E fico pelos cantos roendo as unhas.

Refém da minha mediocridade!

Da minha singular incompetência!

Quem foi o idiota que escreveu o enredo da minha vida?

Algum diretor do cinema trash?

Eu queria saber!

Vai ser ruim de história lá longe!!!

E vou avisando:

Esta história não dá bilheteria!
.
TõeRoberto-post in jampa/pb)


Música: SOS Solidão - Lulu Santos

Publicado por Antonio Medeiro às 05:13
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 13 de Dezembro de 2008
XALANA TIA

Nem me olhe, Xalana!

Vou dar um alerta internacional.

Não deixarei a Rede Globo enfiar as novelas em outros lares.

Esterilização imediata da inteligência.

Puta que pariu!

A vida pára!

No Brasil, das 18h às 22h, a vida pára!

Diálogos, afetos, problemas, felicidades, histórias, leitura, cinema, teatro, namoro, carinho, transa... nada, nada!

Porra, Xalana, você parece um robô diante da tv.

Fuma, levanta, senta, café, fuma, levanta, senta, café...

E silêncio!

O Brasil circula em torno da Globo.

A vida circula em torno da Globo.

E, em casa, fico sem saber onde enfiar as mãos.

Enquanto você fica compenetrada num mundo que eu não posso te dar.

Pois é irreal.

Entediante.

Tendencioso.

Morto!!!
.
TõeRoberto-post in jampa/pb


Música: Paciência - Lenine

Publicado por Antonio Medeiro às 04:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 4 de Novembro de 2008
JANELÍCIA LINDA

Aos poucos, Janelícia, fui percebendo a sua falta de interesse por mim!

De manhã: nem sorriso, nem oi, nem beijinho.

No supermercado: "não tenho a menor idéia!"

No almoço: enlatado, enlatado, enlatado.

No café da tarde: pão sem manteiga.

No jantar: lanche, lanche, lanche.

No cinema: "Quando terminar me acorda!"

Na cama: cansada, com sono, enxaqueca.

De madrugada: "Me avisa quando acabar!"

Na guerra: "Você tem razão!"

Na paz: "Você é um tédio!"

Todos os dias: "Não sei onde eu estava com a cabeça!"

(...)

Tô pensando em fazer terapia!

Se é que você acha alguma coisa, o que você acha?

.

(Fonte: Texto - autoria de TõeRoberto)
Post in Jampa/PB


Música: Samba Quadrado - Milton Carlos

Publicado por Antonio Medeiro às 05:16
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos

Amor de fato é pássaro, não carrapato.
Fevereiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


Posts recentes

DURUALA CRISTAL

XALANA TIA

JANELÍCIA LINDA

Arquivos

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Pesquisar neste blog
 
Ult. comentários
"louco por amor" foi o que me passou pela cabeça!
por acaso é mesmo!mas só pra ver por fora :) hahah...
Bom dia. É um belo teatro, não é?
olabem, tá muito boa essa apresentação breve ao am...
"Se voce me amasse, você me amava." Diga-se, talv...
Mais comentados
1 comentário
Links
Tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds