Sexta-feira, 13 de Agosto de 2010
A vero domino

Com a alma em fogo peguei o celular e liguei para a polícia.

Alô! disse o atendente.

Alô! disse eu.

Pois não! disse o atendente.

Eu matei aquela rapariga! disse eu.

Como? disse o atendente.

Matei a vaca! disse eu.

Como? disse o atendente.

A puta está morta! disse eu!

Senhor! disse o atendente.

Você é burro? disse eu.

Senhor! disse o atendente.

Deixa pra lá! disse eu.

Desliguei o celular... e fui tomar uma cerveja no boteco da esquina.

Com a honra lavada.

E com a certeza de aquela vagabunda nunca mais iria cornear o seu dono.

Só se fosse no inferno.

Com o satanás!



Publicado por Antonio Medeiro às 10:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 29 de Novembro de 2008
JANECLILDES LUCIANA

No silêncio da noite, Janeclildes, a agonia me sufoca!

Você na cama, ao meu lado, com estes cabelos medusianos.

Esta meleca preta na cara.

Estas rodelas coladas nos olhos.

É o protótipo do filhote de satanás.

Que tratamento de beleza é este que broxa o seu homem?

Você já é belamente bela!

Não tem como ficar mais bela!

Isto é tédio ou falta do que fazer?

Ou é só futilidade mesmo?
.
TõeRoberto-post in jampa/pb


Música: Viajante - Ney Matogrosso

Publicado por Antonio Medeiro às 05:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008
ALDEGUNDA MIRÉIA

- Ah, Aldegunda Miréia, primeiro foi aquele papo de fechar a pasta de dente!

- Depois o negócio de mijar fora do vaso sanitário.

- A implicância com a tampa do pote de margarina.

- O ronco depois da cervejinha.

- E, por último, os peidos embaixo do lençol.

- Você, Aldegunda, precisa parar de pegar no meu pé, caralho!

- Tá na hora de entender que amar é respeitar as diferenças e aceitar o outro como ele é, mulhé!

- O que é deixar a pasta de dente aberta, mijar fora do vaso sanitário, sujar a mesa de margarina, roncar depois da cerveja e peidar embaixo do lençol perto das tuas TPMs - cacete! - quando você deixa de ser mulhé e se transforma no Satanás!

 - E eu não te respeito... e agüento - caralho???!!!
.
(Fonte: Texto - Autoria de TõeRoberto)
Post in João Pessoa/PB



Publicado por Antonio Medeiro às 07:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Amor de fato é pássaro, não carrapato.
Fevereiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


Posts recentes

A vero domino

JANECLILDES LUCIANA

ALDEGUNDA MIRÉIA

Arquivos

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Pesquisar neste blog
 
Ult. comentários
"louco por amor" foi o que me passou pela cabeça!
por acaso é mesmo!mas só pra ver por fora :) hahah...
Bom dia. É um belo teatro, não é?
olabem, tá muito boa essa apresentação breve ao am...
"Se voce me amasse, você me amava." Diga-se, talv...
Links
Tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds