Sábado, 28 de Novembro de 2009
A paixão que me seduz

12

Sempre disse:
Paixão devia ser lei, lei das mais severas; descumpriu, pena de morte.
Maria Luiza, minha paixão atual está absorta; penso em Maria Júlia, minha primeira paixão.
Mesmo estilo:
Início avassalador, impressões maravilhosas, andando nas nuvens, pedido de casamento, despedida de solteiro... casamento.
Lua de mel, mar, tardes preguiçosas, luares inesquecíveis, trepadas homéricas, felicidade... leveza.
Maria Júlia, ah, Maria Júlia!
Por ela aprendi a ficar doente para não ir trabalhar.
Aprendi a cozinhar, lavar e passar roupa, aprendi a descartar o lixo da casa, aprendi a trepar nos momentos mais impróprios do dia, aprendi a ser pau mandado... aprendi a organizar minha guerrilha pessoal para me libertar da repressão infernal.
Mas Maria Júlia era a mulher!
Melhor que ela, impossível!
Paixão de dar escamações na pele, tamanha a ansiedade.
Paixão de alma, paixão carnal.
Paixão paixão!
Penso nisso em silêncio, em segredo; quero deixar Maria Luiza, meu anjo, fora disso; minha paixão por ela não tem a fragilidade das minhas outras paixões; é eterna.
Mas Maria Júlia balança a sua loira cabeleira em meu rosto, sinto certo incômodo, mas não tem jeito.
Sou um apaixonado de carteirinha, a paixão me seduz.
O resto é apenas amor de dia útil, amor de segunda-feira.
Maria Luiza murmura meu nome e vem em minha direção.
Minha paixão escorre pelas frestas das portas e das janelas, escorre pelas paredes externas da casa.
Tomara que contamine as pessoas que andam pelas ruas.
Todas tão carentes de paixões avassaladoras.



Publicado por Antonio Medeiro às 21:39
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2008
GILIARDA ODESSA

Eu, Giliarda, não posso dizer que sou daqueles machos - animal macho, não machista - macho pra caralho!

Dou pro gasto!

Na cama, sou aquele sujeito padrão.

Umas preliminares malfeitas.

Umas chupadas 1/2 a contragosto.

Uma virilidade 1/2 capenga.

Uma performance sofrível.

Você sabe disto, mas tô confessando!

Tá saindo da minha boca... só pra você!

E fica dentro desse quarto!

Porque lá fora, eu sou o fodão.

O macho das mil mulheres.

Das mil trepadas homéricas.

O sujeito que deixa as mulheres loucas.

O gostosão!

Que é só isso que eu preciso fingir que sou.

E os outros pensarem que sou.

Para que eu seja respeitado no meio deste mundo louco.

E preconceituoso!
.
TõeRoberto-post in jampa/pb


Música: Quem É O Gostosão Daqui? - Aviões do Forró

Publicado por Antonio Medeiro às 08:38
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Amor de fato é pássaro, não carrapato.
Fevereiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


Posts recentes

A paixão que me seduz

GILIARDA ODESSA

Arquivos

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Julho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Pesquisar neste blog
 
Ult. comentários
"louco por amor" foi o que me passou pela cabeça!
por acaso é mesmo!mas só pra ver por fora :) hahah...
Bom dia. É um belo teatro, não é?
olabem, tá muito boa essa apresentação breve ao am...
"Se voce me amasse, você me amava." Diga-se, talv...
Mais comentados
Links
Tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds